sábado, 24 de setembro de 2011

SAL, HAS E DOENÇAS CARDIOVASCULARES - Metanálise de Taylor at al of 2011

De tempos em tempos, é publicado algum estudo tentando mostrar que o sal não tem importância na HAS e DCV, parece até que estas publicações são financiadas pela industria do sal. Já foi mais do que provado os malefícios do sódio na HAS e DCV, assim como se sabe que existem populações sal sensíveis como: Idosos, negros, obesos, renais, portadores de síndome metabólica, e não sensíveis, por isto devemos avaliar caso a caso. Recentemente foi publicada uma Metanálise (click) de estudos radomizados controlados (Texto completo, click), com sete estudos, três com normotensos, dois com hipertensos, um misto e um com IC, que não mostrou benefícios da redução de sódio, nos normo e hipertensos e aumento de mortadidade por todas as causas nos com IC, ela gerou muita discussão, inclusive um  Manifesto da BHS (click), contestando-a e mostrando que existem trabalhos mais robustos provando ao contrário e que a conduta em relação ao sal não deve ser mudada diante desta publicação. Nos EEUU aonde a incidência de HAS e DCV é alta existe até um programa de Guerra ao Sal (click) . Até o momento não existem evidências que justifiquem mudanças de condutas em  relação ao sódio na  HAS e DCVs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário